Sábado, 26 de Novembro de 2022
310000-0000
Saúde Saúde

Covid-19: governo do Rio recebe primeiras vacinas para bebês

São 76 mil doses da vacina na versão baby da Pfizer

12/11/2022 19h00
Por: Redação Fonte: Agência Brasil
© Rovena Rosa/Agência Brasil
© Rovena Rosa/Agência Brasil

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-RJ) confirmou o recebimento de 76 mil doses da vacina do laboratório Pfizer destinada ao combate à covid-19 na faixa etária que compreende bebês a partir de 6 meses e crianças abaixo de três anos. Os imunizantes chegaram na tarde de ontem (11). A distribuição para os municípios fluminenses já teve início. Este primeiro lote deverá ser destinado aos bebês e crianças com comorbidades.

A chegada da vacina aos municípios ocorre quase dois meses após o aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que aprovou o imunizante em 16 de setembro. O primeiro lote comprado pelo Ministério da Saúde chegou há pouco mais de duas semanas.

A versão "baby" do imunizante da Pfizer tem uma tampa de cor vinho. O esquema vacinal é composto de três doses. Após a primeira dose, deve-se aguardar quatro semanas para a aplicação da segunda, e posteriormente mais oito semanas para a terceira.

Nem a Anvisa e nem a fabricante impuseram restrições na aplicação dessas doses. A decisão de vacinar inicialmente apenas bebês e crianças com comorbidades é do Ministério da Saúde. Segundo a pasta, a discussão sobre a ampliação do público foi submetida à Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (Conitec), que avaliará a questão.

Por enquanto, os vacinados devem possuir diagnóstico médico de diabetes, pneumopatias, hipertensão, doença renal, doenças neurológicas, hemoglobinopatias, síndrome de down ou doenças cardiovasculares, entre outras enfermidades. Segundo o Ministério da Saúde, as doses podem ser administradas simultaneamente às demais vacinas do calendário vacinal.

Ele1 - Criar site de notícias