Terça, 15 de Junho de 2021
310000-0000
Geral Minas Gerais

Inauguradas novas instalações do Presídio de Novo Cruzeiro I

Áreas recém-construídas foram apresentadas oficialmente nesta quarta-feira (26/5). Unidade se torna referência para todo o Vale do Jequitinhonha

27/05/2021 10h31
12
Por: Redação Fonte: Secom Minas Gerais
Bernardo Carneiro / Sejusp
Bernardo Carneiro / Sejusp

O Presídio de Novo Cruzeiro I, no Vale do Jequitinhonha, está com o espaço reformulado. A unidade prisional ganhou muralha, portaria, salas administrativas, nova cela com dez vagas, refeitório, parlatórios e depósito para ferramentas usadas na horta. Além das áreas recém-construídas, todas as celas passaram por reformas, assim como as instalações elétricas e hidráulicas, e o pátio de banho de sol ganhou uma quadra. Estão incluídas na obra, ainda, a pintura dos ambientes, melhorias na iluminação e instalação de letreiro e concertinas.

Os esforços se deram, em conjunto, pela sociedade civil, Prefeitura Municipal, Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp)e Judiciário da Comarca, que investiu R$ 155 mil provenientes de verbas pecuniárias.

“O cidadão que violou a lei voltará à sociedade. Precisamos reduzir os impactos do retorno desse egresso ao convívio comum e fazemos isso por meio do modelo de ressocialização hoje apresentado, arquitetado através da participação coletiva”, disse o secretário adjunto de Justiça e Segurança Pública, Jeferson Botelho, presente na solenidade de inauguração dessa quarta-feira (26/5).

Nesta semana, para ampliar as melhorias, a unidade também recebeu uma viatura modelo Renault Duster e um kit conforto - contendo geladeira, ar condicionado, forno micro-ondas e bebedouro. Os itens que visam auxiliar e dar mais qualidade ao trabalho da Polícia Penal foram entregues, simbolicamente, em solenidade realizada em Teófilo Otoni, na terça-feira (24/5).

Ressocialização

Quinze internos do presídio atuaram nas obras em troca de remição de pena: a cada três dias trabalhados, um é subtraído da condenação. Após as reformas, os detentos podem ainda prestar serviços na horta, que produz semanalmente cerca de 50 kg de verduras, legumes e hortaliças, doados a instituições filantrópicas da cidade, como o Hospital São Bento; ou na oficina de máscaras contra a covid-19, com confecção média de 400 itens de TNT por dia. Dessa forma, os custodiados recebem uma importante oportunidade de ressocialização, enquanto ajudam quem precisa.

O diretor-geral do Departamento Penitenciário de Minas Gerais (Depen-MG), Rodrigo Machado, também esteve no evento inaugural e enfatizou o trabalho que vem sendo desenvolvido no Presídio de Novo Cruzeiro I e em outras unidades, por todo o estado, para ocupar os custodiados. “É muito positivo que mão de obra qualificada e certificada pelo sistema prisional retorne à sociedade menos embrutecida. Compete a nós todos aqui presentes fazer com que o interno possa egressar de uma forma melhor do que ele entrou”, destacou.

Equipes

Já o diretor do Presídio de Novo Cruzeiro, Bruno Pedreira, evidenciou a atividade dos policiais penais em exercício no local. "Se não fossem as equipes dos plantões, com certeza não teria sido desenvolvido o resultado atual. Nós não tivemos um incidente sequer durante as obras, graças aos servidores que acompanharam os serviços dos detentos", relatou.

Também participaram da cerimônia o prefeito Milton Coelho Oliveira; o presidente da Câmara Municipal, Arnaldo da Paixão Gomes; a juíza da Comarca, Samira da Cunha Ribeiro Morais; o diretor da 15ª Região Integrada de Segurança Pública (Risp), Oséas Chaves; outros representantes dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, comerciantes e demais apoiadores das obras.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias