E-mail

canal_venda@hotmail.com

WhatsApp

310000-0000

Horizontes Imoveis
Artesanal

Itabiranos se destacam na fabricação de cerveja artesanal.

Conheça a cerveja artesanal Lufla totalmente artesanal e fabricada em Itabira

03/09/2019 19h04Atualizado há 1 mês
Por: Redação
889
Cerveja Artesanal Lufla
Cerveja Artesanal Lufla

Os Itabiranos Flávio Campos Pinheiro e Lucas Assis Castro estão se destacando na fabricação da cerveja artesanal.

Tudo começou quando um amigo resolveu se desfazer dos equipamentos para fabricação de cerveja artesanal , então veio logo a ideia ou mesmo a oportunidade de começar a fabricar cerveja para o consumo próprio e lazer. Apesar que no começo ter tido várias dificuldades no processo e elaboração o seu formato e paladar foram tomando gosto  nas  festas familiares e confraternizações de amigo.

Com a demanda alta, veio a ideia de comercializar em maior quantidade, desenvolvendo a logomarca juntamente com o rótulo da garrafa, surgindo então a grande marca "Lufla"

Venha conhecer um pouco mais sobre a marca "Lufla" nas redes sociais @luflabier

Algumas curiosidades sobre a cerveja

1. A cerveja é uma das bebidas mais antigas do mundo

Os primeiros registros de fabricação de cervejas datam de aproximadamente 6.000 anos, provavelmente originários da Mesopotâmia – região que corresponde atualmente ao Kuwait e Iraque. No ano de 2.1000 a.C., já havia sinais de que a população local, os sumérios, consumiam uma bebida fermentada, obtida por meio de cereais.

2. Os egípcios construíram as pirâmides sob o efeito da bebida

De acordo com o arqueologista Patrick McGovern, da Universidade da Pensilvânia, os construtores das pirâmides recebiam por volta de 4 litros de cerveja por dia. Também há relatos de que era “melhor” consumir a bebida fermentada do que a água do Rio Nilo, por ser poluída.

3. Em 1814, Londres foi inundada por cervejas

No dia 17 de outubro de 2014, o tanque principal da cervejaria de The Horse Shoe, em Londres, se rompeu e despejou quase 1,5 milhão de litros pela cidade. O acidente causou a morte de, pelo menos, oito pessoas.

4. A cerveja mais forte do mundo tem 70% de teor alcoólico

A cerveja Koelschip Mystery of Beer é fabricada pela marca holandesa Brouwerij Koelschip. O seu teor alcoólico é de 70%, superior a vodcas convencionais. A garrafa de 330 ml custa € 45.

5. A cerveja mais cara do mundo custa US$ 800

Uma garrafa de 500 ml da cerveja Antarctic Nail Ale custa US$ 800. No entanto, a produtora da bebida, a microcervejaria Nail Brewing, tem um objetivo maior com a venda: a renda das únicas 30 garrafas produzidas será destinado à ONG Sea Shepherd, que atua contra a caça das baleias. Outra curiosidade: as garrafas foram produzidas com gelo trazido da Antártica.

6. O Oktoberfest atrai mais de 6 milhões de pessoas por ano

O maior e mais famoso festival de cervejas do mundo é o Oktoberfest, realizado anualmente em Munique, Alemanha, por 16 dias consecutivos. Segundo cálculos do evento, 6 milhões de pessoas passam por cada uma das edições.

7. O presidente norte-americano George Washington produzia sua própria cerveja

De acordo com a neta Martha Washington, o presidente consumia uma cerveja feita na propriedade de Mount Vernon – palácio localizado no estado da Virgínia. Há relatos de que George Washington também servia a bebida durante festas.

8. A República Tcheca é o país que mais consome cerveja no mundo

De acordo com a pesquisa de 2016 do Bath Hass Group, a média de consumo anual é de 143 litros por habitante do país (com base na população com mais de 18 anos).

9. O Brasil está a frente da Alemanha em tamanho de mercado

Segundo pesquisa do Euromonitor, os cinco maiores mercados do mundo são, em ordem: China, EUA, Brasil, Alemanha e Rússia. Porém, em 2017, o México ultrapassará a Rússia e entrará no top cinco.

( Fonte site Forbers)

 

 

 

  

1comentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários